SISTEMA ENDOCANABINOIDE

por | abr 3, 2023 | cannabis e saúde

O Sistema Endocanabinoide é uma rede complexa de receptores, enzimas e compostos que desempenha um papel crucial na regulação de várias funções no corpo. Foi descoberto no início dos anos 1990 e, desde então, a pesquisa revelou que o SISTEMA ENDOCANABINOIDE está envolvido em uma ampla gama de processos fisiológicos, incluindo humor, apetite, dor e função imunológica.

O SISTEMA ENDOCANABINOIDE e sua composição

Composto por três componentes principais: endocanabinoides, receptores e enzimas. Os endocanabinoides são compostos produzidos naturalmente pelo corpo e desempenham um papel fundamental no SISTEMA ENDOCANABINOIDE. Esses compostos se ligam a receptores, encontrados na superfície das células, e ativam ou inibem certas respostas celulares. As enzimas são responsáveis por quebrar os endocanabinoides depois de cumprirem sua função.

Os dois principais endocanabinoides identificados são a Anandamida e o 2-araquidonoilglicerol (2-AG). A Anandamida é conhecida como a “molécula da felicidade” porque acredita-se que desempenha um papel nos sentimentos de bem-estar e euforia. Acredita-se que o 2-AG desempenhe um papel na regulação do apetite, entre outras funções.

Os dois principais receptores que foram identificados são CB1 e CB2. Os receptores CB1 são encontrados principalmente no sistema nervoso central, enquanto os receptores CB2 são encontrados principalmente no sistema imunológico e no sistema nervoso periférico. Os receptores CB1 são responsáveis pela maioria dos efeitos psicológicos dos canabinoides, enquanto os receptores CB2 são responsáveis pela maioria dos efeitos fisiológicos.

As enzimas identificadas são amida hidrolase de ácido graxo (FAAH) e monoacilglicerol lipase (MAGL). A FAAH decompõe a Anandamida, enquanto a MAGL decompõe o 2-AG. Essas enzimas são responsáveis por regular os níveis de endocanabinoides no corpo.

O Sistema Endocanabinoide desempenha um papel crucial na manutenção da homeostase no corpo. Isso significa que ajuda a manter vários sistemas em equilíbrio e funcionando corretamente. Por exemplo, o Sistema Endocanabinoide desempenha um papel na regulação do sistema imunológico, o que ajuda a proteger o corpo de infecções e doenças. Também desempenha um papel na regulação do apetite, o que ajuda a manter o peso corporal. Além disso, o Sistema Endocanabinoide desempenha um papel na regulação da dor, o que ajuda a reduzir o desconforto e melhorar a qualidade de vida.

A pesquisa mostrou que o Sistema Endocanabinoide também está envolvido na regulação do humor e bem-estar emocional. Estudos descobriram que o Sistema Endocanabinoide está envolvido na liberação de certos neurotransmissores, como a dopamina e a serotonina, que desempenham um papel na regulação do humor. Além disso, estudos descobriram que o Sistema Endocanabinoide está envolvido na liberação de certos neuro-hormônios, como o cortisol, que desempenham um papel na resposta ao estresse.

O Sistema Endocanabinoide pode ser afetado por vários fatores, incluindo dieta, estresse e doenças. Por exemplo, descobriu-se que uma dieta rica em ácidos graxos ômega-3 aumenta os níveis de Anandamida, enquanto uma dieta rica em gorduras saturadas diminui os níveis de Anandamida. Da mesma forma, descobriu-se que o estresse diminui os níveis de Anandamida, enquanto o exercício aumenta os níveis de Anandamida. Além disso, certas doenças, como esclerose múltipla e fibromialgia, foram associadas a alterações no Sistema Endocanabinoide.

A terapia com Fitocanabinoides é recomendada para pacientes que, após múltiplas tentativas com uso de medicamentos alopáticos tradicionais, não obtiveram sucesso no controle ou tratamento de sintomas relacionados à sua condição clínica!